O REAL
O IMAGINÁRIO
O SEXUAL...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Noite insone


(Tamara de Lempicka)

Desde que somos um casal, nunca fui dormir sem você. Não abro mão desse gesto, mesmo que signifique passar a noite em claro sentada numa cadeira desconfortável só para que você não me veja dormindo quando voltar de sua festa.

A cara aborrecida é a minha maneira de dizer que te amo.

2 comentários:

Pulsar disse...

lindo blog,
adorei e voltarei mais vezes....
beijos

Pulsar disse...

agora que me dei conta que vc é a Barbara que tanto tenho saudade, to de volta viu? .... e agora sei que palavra de mulher realmente é palavra de mulher. beijos gosto muito de vc!

feliz ano novo